Alunos

Programa Ciência sem Fronteiras

Logo Programa Ciências sem Fronteiras
O Programa Ciência sem Fronteiras, lançado no dia 26 de julho de 2011, é uma iniciativa do Governo Federal por meio dos Ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e do Ministério da Educação (MEC).

O programa busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, por meio do intercâmbio de alunos de graduação e pós-graduação.

O objetivo é conceder 75 mil bolsas em quatro anos, e a expectativa é de chegar a 100 mil bolsas com o auxílio da iniciativa privada.

Consideradas prioritárias, as áreas beneficiadas serão engenharia, ciências exatas, biológicas, saúde, computação e tecnologia da informação.  De acordo com o programa, estas seriam as áreas que possuem maior carência de profissionais no país.

Um dos critérios para bolsas de graduação será a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que deverá ser superior a 600 pontos. Além disso, jovens que se destacam em programas de iniciação científica e olimpíadas de conhecimento também receberão benefícios. 

As 75 mil bolsas serão divididas entre os diversos níveis de formação. Além das bolsas destinadas à graduação, cerca de 27,1 mil, também serão concedidas 24,6 mil bolsas para o doutorado sanduíche, 9,79 mil para doutorados integrais, 8,9 mil bolsas para pós-doutorados e para estágio sênior serão 2,6 mil.

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto, acesse o site oficial do programa.

ícone fontes de pesquisaFontes de Pesquisa
Recomendar esta página via e-mail: